TVI tentou impedir saída de Alexandra Borges. Adeus foi preparado em segredo

Após um convite recebido há três meses, Alexandra Borges deixou a TVI, que ainda a tentou segurar. Há quem diga que se incompatibilizou com a Direção de Informação, mas fontes próximas desvalorizam.

15 Nov 2020 | 11:40
-A +A

Alexandra Borges saiu a bem da TVI.” A garantia é dada à TV 7 Dias por uma fonte próxima da jornalista, que revela que o adeus à estação de Queluz de Baixo surge na sequência de um convite recebido “há cerca de três meses”, mas também pela necessidade de “crescimento profissional”.

“A Alexandra não foi empurrada para fora da TVI, nem saiu em conflito com o canal. O processo foi conduzido pela administração e ela sai agradecida à estação. Eles não queriam que ela fosse embora. Ainda tentaram impedir a sua saída, mas não conseguiram”, continua a mesma pessoa.

A TV 7 Dias sabe também que, para Alexandra Borges, este foi um “processo interior e muito solitário”. “Ninguém imaginava isto. A notícia surpreendeu tudo e todos na redação da TVI”, explicam-nos. “O crescimento só se faz fora da zona de conforto. A verdade é que a Alexandra deu por ela confortável e a ter tempo para tudo. E não é isso que ela quer… Agora, vai mudar de vida”, observa uma fonte.

A partir da mensagem de despedida da jornalista, publicada nas redes sociais, muitos levantaram a hipótese de a mesma e a nova direção de Informação, liderada por Anselmo Crespo, terem entrado em litígio. “Agradeço à TVI parte daquilo que hoje sou. Crescemos juntas, de forma leal e verdadeira, durante 21 anos, porém, há 64 dias, tudo mudou”, escreveu Alexandra Borges quando se tinham passado 64 dias desde que a nova direção tinha entrado em funções.

“Ao público, que me acompanha há 35 anos, posso garantir, de forma plena, que deixo a TVI por respeito aos meus valores e princípios, dos quais nunca abdicarei, custe a quem custar. Parto com a integridade que me (re)conhecem e espero continuar a merecer a vossa confiança. Assim continuarei, por Si e para Si!”, acrescentou a profissional.

 

“Intensa discussão” entre Alexandra Borges e Anselmo Crespo

 

Fontes ligadas à redação da TVI falaram também numa “intensa discussão” entre Alexandra Borges e Anselmo Crespo, há cerca de três semanas, algo que pessoas do círculo próximo da jornalista desvalorizam: “Não há ligação direta. As discussões acontecem. O Anselmo até tinha promovido a Alexandra a coordenadora de investigação da TVI.”

Agora, Alexandra Borges “vai descansar”, já que o próximo projeto “só deverá arrancar no próximo ano”. Fala-se que a jornalista poderá liderar uma nova área de investigação do Global Media Group, que detém o DN, JN, O Jogo e TSF.

À TV 7 Dias, Alexandra Borges recusou falar sobre a saída da TVI: “Não vou prestar declarações.” Já a estação não respondeu em tempo útil às nossas questões.

 

Texto: Dúlio Silva (dulio.silva@worldimpalanet.com); Fotografias: Arquivo Impala e reprodução redes sociais

 

PUB
Top