Torturada com água a ferver, agredida e asfixiada. Caso de Valentina tem novos contornos

O progenitor da menina torturou-a com água a escaldar enquanto a agredia e lhe apertava o pescoço. Sandro Bernardo está indiciado, entre outros crimes, por homicídio qualificado.

14 Mai 2020 | 9:30
-A +A

Os contornos da morte de Valentina, um caso que tem revoltado o País, continuam a ser conhecidos e são são cada vez mais chocantes. Sabe-se agora que o pai, Sandro Bernardo, torturou a criança, de nove anos, com água a escaldar, por todo o corpo, ao mesmo tempo em que lhe batia e apertava o pescoço.

Só parou quando a menina já estava a ficar inconsciente. Sandro Bernardo está detido em Lisboa, no anexo da PJ, o mesmo onde esteve António Joaquim. Está indiciado por homicídio qualificado, violência doméstica e ainda pelo crime de ocultação de cadáver, também imputado à madrasta, Márcia. A mulher foi levada para a cadeia feminina de Tires.

A madrasta da menina, mãe de três crianças, estaria a pressionar Sandro para que a menina abandonasse aquela casa, em Atouguia da Baleia, Peniche. Valentina, que vivia normalmente com a mãe, estava ali devido à atual situação de pandemia da COVID-19.

Segundo noticia o Jornal de Notícias, Sandro Bernardo era pressionado pela companheira para que Valentina voltasse para a casa da mãe. Terá sido este o contexto que levou ao aumento da tensão familiar, mas o progenitor alega, tal como o fez desde o início, que suspeitava que a filha seria vítima de abusos sexual por parte de um parente da mãe, de quem está separado há muitos anos. Na versão dele, queria apenas saber a verdade e Valentina continuava calada.

A autópsia afastou a tese de que a criança era abusada.

 

Conheça toda a atualidade noticiosa no Portal de Notícias Impala.

 

VEJA TAMBÉM:
Valentina sofreu agressões graves durante quatro dias antes de morrer
13 horas de agonia: Valentina foi espancada e deixada em sofrimento até morrer
O adeus a Valentina: Mãe da criança desmaia e é levada para o hospital

 

Texto: Marta Amorim; Fotografias: reprodução redes sociais

 

ATENÇÃO!

Na impossibilidade de comprar a sua revista favorita nos locais habituais, pode recebê-la no conforto de sua casa, em formato digital, no seu telemóvel, tablet ou computador.

Eis os passos a seguir:
  1. aceda a www.lojadasrevistas.pt
  2. escolha a sua revista
  3. clique em COMPRAR ou ASSINAR
  4. clique no ícone do carrinho de compras e depois em FINALIZAR COMPRA
  5. introduza os seus dados e escolha o método de pagamento
  6. pode pagar através de transferência bancária ou através de MB Way!

E está finalizado o processo! Continue connosco. Nós continuamos consigo.

PUB
Top