Vanessa Oliveira desabafa sobre maternidade: «Quando chora é uma histérica»

Mãe há pouco mais de um par de meses, a apresentadora já está com o foco de voltar à televisão e começou a ganhar uma rotina.

09 Fev 2020 | 15:50
-A +A

Diana nasceu no dia 12 de novembro e é o segundo filho, fruto da relação entre a apresentadora da RTP, Vanessa Oliveira e João Oliveira, mais conhecido por DJ Kamala, após André de seis anos. Após uma breve aparição numa festa, desde que a gravidez começou a tomar proporções «maiores» que a apresentadora não aparecia socialmente, e foi a festa de Comemoração dos 60 anos de Carreira de Júlio Isidro, que Vanessa decidiu retomar o que tinha deixado em stand-by.

«Não calçava uns saltos altos desde setembro. Mas ser novamente mãe tem corrido lindamente. A partir de 1 de janeiro comecei a ir ao ginásio e a ter uma rotina. O André está na escola e a Diana fica um bocadinho ou com a minha mãe ou minha sogra», comenta. Agora como é esta pequenina de poucas semanas, Vanessa garante que até lhe dá alguma tranquilidade, apesar de alguns momentos serem mais complicados. «É muito tranquila, mas quando chora é uma histérica, não fosse ela uma miúda. Já sabem, é gaja. (risos) Mas só chora quando tem fome ou cólicas. O André chorava menos. A Diana come e dorme lindamente, só acorda uma vez por noite.»

Quanto a como o irmão recebeu a chegada de Diana, a apresentadora lembra que até foi um processo relativamente pacífico: «O André não tem ciúmes nenhuns… bem, no princípio um pouco. No primeiro dia, quando dissemos que a mana tinha de mamar, pôs-se histérico: ‘Porque é que a mana tem de mamar?’ Mas no dia seguinte os avós trouxeram o Monopólio Jr. e quando estávamos todos a jogar e eu a dar de mamar, o pai perguntou-lhe “Então? Não estás a passar bem e não está a ter tempo para ti? Tens de perceber que há espaço para toda a gente. Não há problema, pois vai haver espaço para ti e para ela.” E foi remédio santo. Mas quando estava no hospital tivemos de tirá-lo de cima dela, pois não lhe parava de lhe dar beijos.»

E após tanto tempo afastada da televisão, voltar ao pequeno ecrã é algo que deseja, mas sente-se dividida, salienta: «Tem dias. Eu não sou muito mãe-galinha, pois felizmente existem as avós que são uma ajuda ótima e eu sei que, quando tiver que ir, elas ficarão com ela. Sem problemas e fico descansada. Porém, tem dias em que estou mais cansada e penso que tenho de vir trabalhar. Mas, há dias em que vou ao ginásio e fico cheia de saudades dela… é aquele misto de quero, mas não quero, estou com ela, mas quero voltar…»

Texto: Eduardo César Sobral; Fotos: Zito Colaço
Veja também:
Vanessa Oliveira já foi mãe pela segunda vez
«Começámos a afastar-nos». Vanessa Oliveira revela porque se separou do pai dos filhos

PUB
Top