Vanessa Oliveira REVELA o GESTO ÚNICO de Tânia Ribas de Oliveira

Vanessa Oliveira conduz até ao fim de março o programa das tardes da RTP1 Agora Nós. A apresentadora revela o que aconteceu no dia em que sucedeu a Tânia Ribas de Oliveira e José Pedro Vasconcelos.

21 Fev 2019 | 19:32
-A +A

Na primeira semana de abril, as tardes da RTP1 terão um novo formato, apresentado a solo por Tânia Ribas de Oliveira. Ao longo do próximo mês e meio, e depois de Tânia e José Pedro Vasconcelos se terem despedido do Agora Nós, é Vanessa Oliveira quem assume as rédeas do programa.

 

Veja mais: Saiba tudo sobre o novo programa de Tânia Ribas de Oliveira

 

A apresentadora de 37 anos, que se estreou esta segunda-feira, 18 de fevereiro, na condução de Agora Nós, revela o gesto carinhoso que a sua antecessora fez.

«A Tânia esteve comigo a manhã toda e disse: ‘ó filha, tu não precisas de nada. Entra e está tudo bem!’», começa por contar Vanessa, à margem do desfile da marca de calçado Aldo. «Podia ter dito isto e não ter estado lá. Mas esteve. E isso é importante para mim porque eu gosto muito dela e ela gosta muito de mim. Isso prova que as pessoas não são todas más (risos)», continua Vanessa.

 

«Estava muito tensa»

 

Os números dos primeiros dias de Vanessa Oliveira à frente do Agora Nós não têm sido muito diferentes daqueles registados na última semana de Tânia Ribas de Oliveira e José Pedro Vasconcelos. Na segunda-feira, 18 de fevereiro, o programa das tardes da RTP1 foi visto por 184 mil telespectadores e registou 9,6 de share.

 

Veja mais: RTP quer «dose de loucura» em novo programa

 

Na terça-feira, 19 de fevereiro, o formato foi visto por 155 mil telespectadores e registou 10,2% share. Já esta quarta-feira, 20 de fevereiro, não chegou ao top 10 dos programas mais vistos da RTP1. No programa de despedida, a 15 de fevereiro, Tânia Ribas de Oliveira e José Pedro Vasconcelos foram vistos por 184 mil telespectadores e registaram 9,9% de share.

Vanessa Oliveira admite que suceder a Tânia e José Pedro «não deixa de ser uma herança» mas não se mostra preocupada com este fator. «Quem gosta de ver o programa da RTP verá se for uma dupla ou uma pessoa só. O que estou a fazer é o melhor do meu trabalho e arranjar uma linha que seja a minha. Porque acho que só dando aquele cunho às coisas é que elas funcionam», explica.

Na estreia, esta segunda-feira, 18 de fevereiro, Vanessa estava, além de doente, «muito tensa». «Cumpri o que tinha pensado. Sabia que ia estar nervosa mas também sabia que, assim que pegasse a rédea à coisa, ia ficar segura. Eu preparo-me, sei estar ali. É o que eu faço há 14 anos sem parar», afirma.

 

14 anos a fazer televisão

 

Vanessa Oliveira estreou-se nas tardes da RTP1 ao lado de Herman José no Há Tarde, que esteve na antena entre 2014 e 2015. Entre 2011 e 2012, na SIC, apresentou o Companhia das Manhãs ao lado de Francisco Menezes.

Estar pela primeira vez sozinha na condução de um programa é, admite Vanessa Oliveira, «um desafio». «Quando estás em dupla podes fazer brincadeiras, é mais fácil. Mas aqui é mais desafiante. E eu gosto de desafios». A apresentadora aproveita para elogiar o diretor de programas da RTP e revela que, depois de Agora Nós, vai estar bastante ocupada. «O José Fragoso está a olhar para todas as pessoas que tem e a usá-las em vários projetos. Eu estou a fazer o Portugal no Mundo com o Malato. Vamos ter as 7 Maravilhas, que vão ser muito diferentes do ano pasado. Vamos ter muito que fazer», diz.

 

Texto: Ana Lúcia Sousa e Raquel Costa | Fotos: Paula Alveno e Arquivo Impala

 

 

PUB
Top