Veríssima revela que sofreu discriminação por parte de apresentadora da RTP!

Vera Ferreira, que ficou conhecida como Veríssima na primeira edição da “Casa dos Segredos” diz ter sido vítima de descriminação quando trabalhou na RTP: “Verdadeiro choque”.

17 Jan 2021 | 20:10
-A +A

Vera Ferreira, que ficou conhecida como Veríssima na primeira edição da “Casa dos Segredos”, em 2011, revelou que foi vítima de descriminação num programa da RTP. A ex-concorrente do reality show não diz o nome da apresentadora em questão, mas, na altura, fazia uma rúbrica ao lado de Carla Matadinho no programa “Mundial Somos Nós”, apresentado por Jorge Gabriel.

Nas redes sociais, Vera Ferreira fez uma sessão de perguntas a respostas com os fãs e um dos internautas questionou se ela já se tinha sentido descriminada. Foi a partir daqui que relatou a situação que viveu. “Já me senti, sim. Aliás, quem participou num reality e diz que nunca se sentiu descriminado mente… Mas posso contar-vos que já sofri descriminação por ser ex-concorrente da ‘Casa dos Segredos’ de uma forma assustadora”, começou por contar.

“Carrego essa lembrança com tanto peso, porque foi o meu verdadeiro choque com a realidade. Foi nesse dia que eu percebi que realmente a maldade existe e realmente o ser humano tem capacidade de ser muito podre (infelizmente porque quer)”, disse.

Apresentadora fez ultimato: “Ou ela, ou eu”

Vera Ferreira recordou que tudo aconteceu em 2014, altura em que deu início a esse trabalho no canal público. “Iniciei uma rubrica no programa ‘Mundial Somos Nós’, na RTP. Eu estava no momento mais feliz da minha vida (na altura, como é óbvio), quando recebi a confirmação que entraria no projeto. O recado foi-me dado por telefone e, na altura, avisaram-me que eu não seria a única com esse papel. Ao meu lado, estaria uma pessoa habituada àquele papel”, disse.

Para a ex-concorrente, foi um momento de alegria e de otimismo… que durou pouco: “Achei que seria uma oportunidade de aprendizagem para mim e não escondi a alegria que sentia pela oportunidade dada. Mas a ‘colega’ não estava tão feliz como eu… Na reunião, quando se apercebeu que iria trabalhar com uma ex-reality show, não escondeu o espanto e foi antipática, rude e não disfarçou o descontentamento na minha presença”.

“Não me vou alongar muito. Basicamente essa ‘colega’ decidiu apelar para que eu saísse do projeto, porque eu vinha da ‘Casa dos Segredos’ e do ‘Perdidos na Tribo’, programas sem o mínimo de conteúdo e eu iria manchar toda a sua carreira. Fez o verdadeiro ultimato ‘ou ela, ou eu’. Mas a RTP, liderada por pessoas com princípios e com valores, mandou sair quem não estava bem. E eu continuei… (mas ela saiu mesmo)”, afirmou ainda.

Veríssima explica partilha da história

Veríssima explica ainda a razão por que resolveu partilhar esta história agora, sete anos depois. “Numa altura em que tanto se fala em descriminação, valores… percebam como alguém pode acabar com os sonhos de outro alguém. Percebam como não é bonito ofender. Não conseguiu acabar, mas podia ter acontecido”, disse.

“Partilho esta história convosco para tentarem perceber o nível a que chega a descriminação. Não é só com raças, culturas, religião, sexo… Existe em todo o lado. Pensem antes de julgar um concorrente só porque decidiu entrar numa experiência social. Eles também estudam, também se formam, também trabalham. Podem ser bancários, juízes, doutores, empresários… Simplesmente decidiram participar numa experiência social. E só vê quem quer!”

Texto: Patrícia Correia Branco; Fotos: Impala e Reprodução redes sociais
Veja também
Veríssima é mãe pela segunda vez! Veja a primeira imagem do bebé
Todos os pormenores do casamento surpresa de Veríssima [vídeo]

 

PUB
Top