Vocalista do Trio Odemira está desaparecido! «Espero que ele esteja bem»

Júlio Costa, de 82 anos, está desaparecido desde a tarde desta terça-feira.

04 Jun 2019 | 18:21
-A +A

O músico Júlio Costa, de 82 anos, está desaparecido desde a tarde desta terça-feira, dia 4 de junho. O irmão Carlos, de 90, também ele integrante do conhecido grupo português Trio Odemira, esteve no programa da TVI A Tarde é Sua, apresentado por Fátima Lopes, no qual revelou os poucos detalhes que tem sobre o caso.

«Aconteceu durante esta tarde que um dos elementos… Nós não sabemos dele. O Júlio. O Carlos está cá […] mas ele não sabe do irmão. Era para estar aqui, mas não está . Não sabemos do seu paradeiro. O telefone não dá sinal de vida e vamos começar a conversa por aí», revelou Fátima Lopes, minutos antes de receber o grupo no seu programa, dando conta de que a presença da banda já estava prevista para esta emissão do vespertino da TVI.

 

«É a primeira vez que isto acontece»

 

Em conversa com Fátima Lopes, Carlos Costa afirmou, num tom surpreendentemente descontraído, que esta «é a primeira vez que acontece» que não sabe do paradeiro do irmão. «Não faço ideia onde esteja. Espero que ele esteja bem», atirou.

Carlos contou ainda que a última vez que esteve pessoalmente com o irmão foi na manhã desta terça-feira, cerca das «dez e meia», na vivenda que os dois partilham. «Ele ia tomar café, coisa que fazia habitualmente». Não mais o viu. Às 15 horas, um motorista enviado pela TVI esperava o Trio Odemira para o levar para as instalações do canal, em Queluz de Baixo. Júlio não apareceu.

O Trio Odemira somam já mais de 60 anos de carreira. O grupo foi criado pelos irmãos Costa, na década de 1950, e davam pelo nome de Os Dois de Odemira, tinha Júlio Costa apenas cinco anos. Mingo Rangel juntou-se, entretanto, aos irmãos.

 

 

O último concerto aconteceu no passado sábado, 1 de junho, em Cuba, Alentejo. «Ainda em Cuba, ele esqueceu-se do telemóvel em qualquer lado. E ontem disse-me: ‘Comprei um telemóvel novo’. Acontece que nem ele se lembrou de dar o novo número de telemóvel nem eu me lembrei de lhe perguntar», relatou ainda Carlos.

 

Texto: Dúlio Silva | Fotografias: reprodução redes sociais

PUB
Top