Lembra-se do Zé Miguel da Casa dos Segredos? Vai ser pai e conta-nos tudo: «Tenho medo»

Em entrevista à TV 7 Dias, o ex-concorrente da Casa dos Segredos fala pela primeira vez sobre a atual relação e a bebé que aí vem. Ser pai era um sonho… que vai concretizar aos 43 anos.

21 Ago 2019 | 20:55
-A +A

Volvidos praticamente nove anos da primeira edição da Casa dos Segredos, muito mudou na vida de Zé Miguel Fernandes. O ano de 2019 é, de resto, de transformação para o ex-concorrente do programa da TVI, já que se prepara para ser pai pela primeira vez, fruto da relação com Núria Ferreira«Namoramos há quase um ano, o que, para mim, é salutar», atira, em jeito de brincadeira, Zé Miguel, ele que concorreu ao reality show do canal de Queluz de Baixo com o segredo «Tive mais de 250 relacionamentos».

A usufruir de uma nova fase, depois de uma «vida de boémia» vivida «no tempo certo», o atual presidente da Junta de Freguesia de Irivo, de 43 anos, abre o coração à TV 7 Dias e fala sem secretismo sobre o desafio que se prepara para abraçar… já depois de ter perdido a esperança. E não fecha a porta ao casamento.

 

«Tenho medo de não estar à altura»

 

Vem aí o primeiro filho – no caso, uma filha. Como está a encarar esta nova fase da sua vida?

Estou muito entusiasmado, mas também preocupado com aquelas ansiedades que é normal os pais terem. Com a saúde da bebé, por exemplo. Até agora, está a correr tudo bem, está a ser uma gravidez normal – vai fazer 24 semanas de gestação esta quinta-feira. A menina vai chamar-se Alice Miguel do Carmo e nascerá no início de dezembro.

Foi uma gravidez planeada?

[Hesita e ri-se] O que é que é planeado hoje em dia? Mas, sim, era desejada. E aconteceu, pronto. Para mim, já era um bocadinho mais tarde. Já tenho uma idadezita [risos]. Tenho 43 anos. Já não é muito normal na minha idade.

Como se chama a sua companheira?

Chama-se Núria Ferreira e tem 32 anos. Namoramos há bastante tempo, há quase um ano, o que, para mim, é salutar [risos]. Estou muito feliz. Já a conhecia há muitos anos. Somos da mesma cidade e já éramos conhecidos. Aproximámo-nos e as coisas aconteceram. Se calhar, estávamos os dois predispostos para tal. Aconteceu tudo de uma forma muito natural.

 

 

Em que área é que ela trabalha?

Ela é Educadora de Infância e é diretora de uma creche em Oldrões, uma freguesia próxima de Irivo.

Portanto, ela já está habituada a crianças.

Muito habituada. Era o grande sonho da vida dela. Eu estava mais reticente por causa da minha idade, mas hoje em dia a esperança média de vida também já é maior.

Ela já está habituada a crianças. Para o Zé Miguel, vai ser fácil?

Tenho medo de não estar à altura. Uma coisa também é verdade: com a idade, tornamo-nos mais egoístas e, quando estamos sozinhos, mais egoístas somos. Mas as pessoas dizem que eu sou boa pessoa e estão muito otimistas. Acham que vou ser um excelente pai e que vou conseguir dar uma boa educação à minha filha. Estou muito, muito, muito contente.

 

«A determinada altura, perdi a esperança de ser pai»

 

Era um sonho ser pai?

Há muitos anos, era. Depois, com a idade, essa situação acabou por passar para segundo plano.

Foi perdendo a esperança de concretizar esse sonho?

Sim, sim. Exatamente. Depois, aconteceu.

E há o sonho do casamento?

Por acaso, não tenho muito essa expectativa, mas não digo que não. Até é capaz de ser interessante depois, já com uma filha, formalizar essa união. Mas, para já, a curto prazo, não está previsto, embora não feche essa janela.

E não fecha também a janela a mais filhos?

Primeiro… [risos] quero ver se estou à altura de proporcionar a melhor formação, educação e cuidado à Alice. Depois, se as coisas correrem bem… Não digo que não. Estou aberto a tudo.

Tinham o desejo especial de serem pais de um menino ou de uma menina?

Muito honestamente, há muitos anos, quando tinha a esperança de ser pai – a determinada altura, perdi essa esperança – gostava de ter uma menina, mas depois, quando soube da gravidez, até queria que fosse um rapaz. Honestamente, até fiquei triste no momento em que me disseram que era uma menina. Mas, depois, como não me deram logo a certeza, fui cimentando a ideia de ser uma menina e já não queria que me dissessem que fosse um rapaz. Dizem que as meninas são mais próximas dos pais e mais atentas aos pais, portanto, acho que fui um bocado egoísta a desejar mesmo que fosse uma menina.

E a companheira?

Ela está encantada com a ideia de ser uma menina.

Esta não vai ser a primeira neta para os seus pais, pois não?

Não, não. Os meus dois irmãos gémeos – são mais novos do que eu 11 meses – já têm filhos. Eu é que vou ser o último filho a dar um neto aos meus pais. Eles estão muito contentes. É sempre boa a chegada de um novo membro à família. E virá numa altura bonita, que é o final de novembro ou início de dezembro. Já vai preencher o Natal de forma diferente.

 

«Não tenho vergonha da vida de boémia que tive. Vivi-a no tempo certo»

 

A chegada de uma criança à sua vida significa que o Zé Miguel que conhecemos na Casa dos Segredos já não existe? Estabilizou?

Sim, claro que sim. Já passaram nove anos! Eu sempre fui calminho…

Era muito calminho mas entrou com um segredo que impressionou vários espectadores [«Tive mais de 250 relacionamentos»]…

Sim. E, na altura, as pessoas tiveram alguma dificuldade em entender isso. Eu estudei muitos anos e fiz Erasmus durante quase um ano. Tive uma vida muito agitada em termos académicos, uma vida de boémia. Mas repare que eu, depois de ter saído da Casa dos Segredos, amadureci, comecei a olhar para a vida de uma forma diferente e passei a ter outras responsabilidades. Hoje em dia, sou presidente da Junta de Freguesia de Irivo, tenho outras responsabilidades… Essa vida de boémia… Eu não tenho vergonha dela. Acho é que a vivi no tempo certo.

Está, portanto, numa nova fase da sua vida.

Sim. Uma fase mais calma, de construção familiar.

 

Não perca, no próximo sábado, 24 de agosto, a segunda parte da entrevista a Zé Miguel, na qual o ex-concorrente Casa dos Segredos fala do seu papel como político e do preconceito contra o qual lutou por ter participado no reality show da TVI!

 

VEJA TAMBÉM:
Cláudio Viana da Casa dos Segredos em férias de sonho. Espreite as imagens!
Guerra de bíceps! Veteranos da Casa dos Segredos reencontram-se na noite
João Baptista seduz ex-Casa dos Segredos: «Amo-te loucamente»

 

Texto: Dúlio Silva | Fotografias: Impala e reprodução redes sociais

PUB
Top